Quem eu sou

Minha foto
Patos, Paraíba, Brazil
A Juventude Missionária se dá a conhecer como um grupo voluntário com uma proposta de evangelização a serviço da Igreja Católica. Não é um movimento nem uma pastoral; é um grupo de jovens missionários ligados à POM (Pontifícias Obras Missionárias). Nosso objetivo principal é unir-nos ao mandado de Jesus Cristo: "Ide pelo mundo e pregai o evangelho!" (Mc 16, 15). Nosso trabalho se realiza, basicamente, através da organização de Missões de evangelização rurais e urbanas e outras atividades de formação, defesa da fé e promoção das devoções e tradições populares. A JM busca despertar na juventude de hoje o desejo e a consciência da necessidade de ser um orientador aos irmãos na fé, de ser transmissor da mensagem de Cristo, de fundamentar sua fé e sua confiança na doutrina da Igreja e de ser um jovem reflexivo, com rica vida de oração. Trata-se de uma grande oportunidade para jovens que desejam fazer algo a mais pela Igreja e trabalhar a serviço dos mais necessitados. Jovens que queiram vivenciar este carisma devem ter idade entre 15 e 30.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Em Jesus todo dia é ano novo

            Saudações Juventude Missionária e leitores assíduos do blog! É com imensa alegria que chegamos ao final de mais um ano que Deus nos concedeu com sua infinita bondade e misericórdia. Essa proximidade do ano novo que vai nascer, traz a cada um, alento, esperança e a chance de recomeçar. Porém, não é necessário aguardar o Natal e o dia 31 de dezembro para acreditar que é possível; basta saber que em todos os dias do ano existe uma fonte inesgotável de vida ao nosso lado, Jesus Cristo.
            Realmente as festas de fim de ano são momentos marcantes. A família reunida, as felicitações dos vizinhos, os desejos de paz dos amigos, a entrega de presentes, tudo faz parte do protocolo da vida nessa época do ano. Como seria maravilhoso se o ano inteiro fosse vivido assim. O fim de ano, parece o final de uma grande viagem, onde inúmeros perigos e tormentas foram enfrentadas  ao longo do caminho, e agora todos estão alegres por terem chegado ao destino. Entretanto, para fazer perdurar toda essa alegria o ano inteiro, é Jesus que deve ser a nossa fonte, só ele é o caminho.
            Com seu amor incondicional, Jesus mostra a cada um de nós que todo dia é dia, dia de recomeçar, pedir desculpas, ser perdoado, esquecer os erros do passado que te fazem baixar a cabeça, verdadeiramente para Ele qualquer dia é dia de fazermos uma grande virada na nossa vida. Foi assim com a Samaritana, com o filho pródigo, a data do calendário pouco importava, o que importava era a receptividade do coração para o amor. Padre Zezinho, comentando o clima de fim de ano em uma de suas músicas, especialmente falando sobre o Natal, dizia como seria bom que o Natal não fosse apenas um dia.
            Logo, que durante todo o próximo ano, você viva intensamente cada dia no amor de Deus. Se alguns dos dias de 2011 quiserem te derrubar, saiba que naquele mesmo dia é dia de recomeçar, de ser feliz. Não espere o ano passar para renovar suas esperanças, porque o céu quer ver você otimista e bem imediatamente, e para que isso aconteça experimente e mergulhe todos os dias no oceano do amor de Deus.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Natal, nascimento da luz


            Vivemos momentos de obscuridade no mundo; fome, violência, ameaça de guerra. Tudo isso, nos faz questionar o que celebrar em tempos tão difíceis? Em mais um natal que passa em nossa vida, vemos luzes por todos os lados das ruas da cidade, observamos prédios, casas, igrejas iluminadas.
            Nas ruas das grandes e médias cidades o vai e vêm de pessoas a procura de presentes. Porém, qual o verdadeiro sentido do natal? O nascimento de Cristo dever ser hoje! Independentemente do tempo cronológico somos chamados a ser a manjedoura de Belém na prática diária do amor ágape que é ação, doação, disposição para fazer o bem sem qualquer retribuição, levando água a quem tem sede, comida aos famintos, visitando os presos e doentes, vestindo a quem está nu.
            Desse modo o natal estará permanentemente em nosso coração e não passará jamais.
            Natal é uma oportunidade de reencontro com a família, fortalecer os laços de amizades, é renovar as esperanças de um mundo melhor, em suma é amar.  

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Missão além-fronteiras


             No último dia 19 de dezembro de 2010, realizamos uma missão além-fronteiras. Foi um dia bastante evangelizador, onde os membros e convidados pela equipe foram para a cidade vizinha, São José de Espinharas.
            Na mesma manhã em que chegamos, fomos recebidos pelo Padre Erivaldo e alguns membros do Elaj. Após terem feito um acolhimento para JM na igreja e um breve lanche, o grupo se dividiu em cinco equipes para uma evangelização porta a porta sobre “O valor da Santa Missa” e convidar os moradores da cidade para participarem junto conosco à tarde do louvor, palestra e uma peça teatral e principalmente da Santa Missa a noite. Depois do ocorrido, o grupo se reuniu novamente e foi para “Hora da graça”, um momento de oração e partilha da palavra com Pe. Erivaldo. Logo após fomos acolhidos em algumas casas e até num hotal para descansarmos um pouco, nos alimentarmos e nos prepararmos para a tarde.
            Retornamos as 14horas para a igreja, houve um momento de convivência com o grupo Elaj, grupo da cidade e a JM, reunião coordenada por Pe. Erivaldo, onde utilizou de uma dinâmica para os grupos se conhecerem. Logo em seguida, começou um louvor com os convidados da JM (Negão, Carminha, Edimar e Dionísio) juntamente com dois integrantes da JM (Arthur e Edilma) que animou o pessoal e grupos presentes na igreja. Depois houve uma palestra com outro convidado, Daniel, muito motivador, após, uma apresentação teatral da JM com outros membros (Dalila, Alef, José Carlos, Lenin, Lenita, Tayllin e Allan) e para finalizar um momento de oração e de agradecimento a Deus pelo dia.
            Voltamos para as casas que nos alojaram e se preparamos para à Missa as 19horas. Após a Missa, os dois grupos se reuniram para os agradecimentos e despedida. Por fim, retornamos para Patos.




































terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A sementinha do Amor, se não regada acaba morrendo

O Amor é como uma sementinha plantada em um pequeno vaso de barro.

Se não regamos, se não cuidamos, ela não cresce, não cria raízes.

Ela vai morrendo aos poucos até ao ponto de não ser capaz de gerar uma nova vida.

Não deixe a sementinha do Amor morrer em tua família, em teu casamento, em tua missão, no teu coração.

Regue-a.

Ainda é tempo de trazê-la a vida novamente. Deixe o Amor de Deus renascer a cada novo dia, para que assim possamos t
rasbordaro Amor contagiando o nosso irmão com a verdadeira felicidade que é ser de Deus!