Quem eu sou

Minha foto
Patos, Paraíba, Brazil
A Juventude Missionária se dá a conhecer como um grupo voluntário com uma proposta de evangelização a serviço da Igreja Católica. Não é um movimento nem uma pastoral; é um grupo de jovens missionários ligados à POM (Pontifícias Obras Missionárias). Nosso objetivo principal é unir-nos ao mandado de Jesus Cristo: "Ide pelo mundo e pregai o evangelho!" (Mc 16, 15). Nosso trabalho se realiza, basicamente, através da organização de Missões de evangelização rurais e urbanas e outras atividades de formação, defesa da fé e promoção das devoções e tradições populares. A JM busca despertar na juventude de hoje o desejo e a consciência da necessidade de ser um orientador aos irmãos na fé, de ser transmissor da mensagem de Cristo, de fundamentar sua fé e sua confiança na doutrina da Igreja e de ser um jovem reflexivo, com rica vida de oração. Trata-se de uma grande oportunidade para jovens que desejam fazer algo a mais pela Igreja e trabalhar a serviço dos mais necessitados. Jovens que queiram vivenciar este carisma devem ter idade entre 15 e 30.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Lidando com problemas alheios - Pe. Fábio de Melo

"Muitas vezes uma pessoa não muda do nosso lado porque a gente insiste de mais com ela. (..) Não é justo que uma família inteira se destrua por causa de uma pessoa que está desorganizda ali dentro.(...) O que nós podemos fazer é alertar o nosso irmão. (...) Você não pode viver a vida do seu irmão, ele tem de ser homem suficiente para assumir suas responsablidades.. (...) Temos de descobrir um jeito de colocar a pessoa na responsabilidade da vida dela, se não ela não vai crescer nunca. (...). Daqui a pouco ela percebe que está sozinha, e ai sim, ela vai buscar ajuda."

Pe. Fábio de Melo e suas palavras que chegam sempre no momento certo.
Na fé.


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

II Missão Jovem 2012 !!



A expectativa era grande para sair de casa em pleno feriadão ( 08-09/setembro/ 2012) com destino à Aparecida, mais precisamente no distrito de Prensa no sertão da Paraíba, era preciso ter algo de muito valioso para se encontrar lá. E nossa intuição não falhou. No II Missão Jovem, realizado no distrito de Prensa, foi a primeira participação da  Juventude Missionária de Patos, não faltou alegria, diversão e é claro: um boa missão.

Ao chegarmos a Prensa fomos muito bem recebidos por toda a população que nos aplaudiu soltando foguetões e esbanjando muita alegria. Ficamos lisonjeados com tal atitude para conosco, se pensávamos que seria assim só no inicio, estávamos totalmente enganados, esse acolhimento e carinho da população com todos os missionários ali presentes durou todo o fim de semana.

A comunidade era formada por pessoas simples, humildes, caridosas, enfim, pessoas que nos fazem agradecer a Deus por ainda existirem nesse mundo. A simplicidade era o que mais cativava-nos; como um local tão humilde que estava distante da tecnologia do mundo, pois nem sequer pegava sinal de telefone, poderia nos fazer querer voltar lá para ficar?

Durante todo o fim de semana nos preparamos para a missão que ocorrera no domingo, uma visita a comunidade local, o que também nos fez aprender ainda mais sobre a Juventude Missionária e seu carisma. Ser missionário é você estar onde realmente o Cristo nos manda estar. Às vezes na vida nós temos tudo, mas esquecemos que o nosso tudo não é nada comparado a riqueza da simplicidade de Deus.



            

sábado, 15 de setembro de 2012

A missão realizada no Lixão narrada na visão de Franciara ( uma das integrantes da JM Patos)


                                            Pura Realidade...

Participo de um grupo, com aproximadamente 20 pessoas, cujo nome se dá Juventude Missionaria. Jovens evangelizando jovens é o nosso lema, somos da Paróquia Nossa Senhora de Fátima da cidade de Patos PB.

É do nosso costume fazer missões com o objetivo de evangelizar jovens, mais não somente jovens, também idosos, crianças, entre outros. Buscamos quem mais precisa, para então poder ajudar.

Atualmente realizamos uma missão em um lugar onde a realidade é tão sofrida, sem mentiras, o lixão não se encontra longe da cidade de Patos. Tivemos mais que um aprendizado e sim um ensinamento profundo. Foi uma missão diferente, e não tinha como não se emocionar.

Pessoas que vivem do lixo, para comer, se vestir, fazer suas casinhas. Lá conhecemos algumas pessoas, mais não eram muito de falar, estavam trabalhando. Só que uma dona chamada Maria Nilma que é presidente da associação dos catadores de lixo, nos mostrou como se procedia no dia a dia no lixão e nos falou algumas coisas.

Ela disse: “a vida aqui não é fácil, lutamos para sobreviver, mais vivemos assim”. Mostrou-nos as dificuldades do local, e falou do que já tinham encontrado no lixo, como por exemplo, uma arma, e até bebês mortos de diferentes maneiras já foram encontrados por lá, e que nesses casos sempre chamavam a policia e demais autoridades.

Nossa missão já se encaminhava para o fim, quando houve uma leitura do evangelho, proclamado por Arthur, um membro do grupo. Por fim, nos despedimos daquelas pessoas que nos mostraram como a vida pode ser mais dura do que já é. Fica aqui uma lição para todos.

video

terça-feira, 4 de setembro de 2012

ALÉM DA PÁGINA AMARELADA NA ESTANTE DA SALA...

A redescoberta do valor da bíblia tem sido cultivada em nosso meio. Fica-nos então uma pergunta: será que vivenciamos a Palavra de Deus?

Chegamos a um tempo precioso no qual os cristãos, católicos ou não, vão aos poucos entendendo que a palavra de Deus não se resume simplesmente naquela página amarelada do salmo noventa, daquela bíblia que fica encostada em algum lugar nas casas. A intimidade com a Palavra de Deus passa a ser um dever dos cristãos que precisam mergulhar na profundidade da riqueza da sabedoria de Deus revelada nas páginas sagradas.

Esta intimidade que vai além do salmo noventa decorado ou mesmo outra passagem, no qual nos identificamos, nos leva um compromisso que exige de nós uma vivência da Palavra de Deus em nosso dia-a-dia, não basta a sermos meros ouvintes, mas praticantes da palavra, que nos tempos atuais precisa de pessoas que vivam com intensidade os preceitos que ela contêm.

"Amar os vossos inimigos", "não faleis mal dos outros", "o maior dentre vós seja servo de todos"... Que grande desafio a palavra nos dá em cada versículo escrito, mas não é impossível viver, pois Deus em seu amor nos dar a capacidade de viver sua palavra de vida e salvação. Que neste mês da bíblia seja nossa a mesma palavra do apóstolo Pedro: "a quem iremos nós Senhor se só tu tens palavras de vida eterna".

Pedimos ao Senhor que envie sobre nós seu Espírito Santo a fim de que possamos entender sua vontade expressa na palavra e possamos colocá-la em prática a cada instante de nossas vidas.